terça-feira, 7 de fevereiro de 2017

SME convoca professores de educação infantil e ensino fundamental I

A Secretaria Municipal de Educação publicou no DOC de 07 de fevereiro a convocação de 530 professores de educação infantil e ensino fundamental I.
A relação dos candidatos convocados pode ser consultada no site www.imprensaoficial.com.br (páginas 41 a 43).
A escolha de vagas para o provimento dos cargos será realizada nos dias 22 e 23 de fevereiro, no auditório da Cogep (avenida Angélica, 2.606, Consolação), de acordo com o seguinte cronograma:
PROFESSOR DE EDUCAÇÃO INFANTIL E ENSINO FUNDAMENTAL I
22/02/2017
9h às 10h         7.627 a 7.66710h às 11h       7.668 a 7.70711h ás 12h       7.708 a 7.74713h às 14h       7.748 a 7.78314h às 15h       7.784 a 7.82015h às 16h       7.821 a 7.85916h às 17h       7.860 a 7.90017h às 17h30   retardatários do dia

23/02/2017
9h às 10h       7.901 a 7.93710h às 11h     7.938 a 7.97311h ás 12h     7.974 a 8.01213h às 14h     8.013 a 8.04714h às 15h     8.048 a 8.08315h às 16h     8.084 a 8.12016h às 17h     8.121 a 8.15617h às 17h30 retardatários do dia

OBSERVAÇÕES

1 - Os interessados ou seus procuradores habilitados para tal deverão comparecer no local e horário acima indicado, munidos dos seguintes documentos:
- cédula de identidade;
- demonstrativo de pagamento (quando for servidor municipal).
1.1 - Os procuradores deverão estar munidos de cópia dos documentos de seus representantes e dos respectivos documentos de procuração.
2 - No final de cada sessão serão chamados os retardatários do horário, obedecendo à ordem de classificação.
3 - No final do processo de escolha serão chamados os retardatários da escolha, obedecendo à ordem de classificação nos moldes do cronograma supra.

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Resultados Idesp e Saresp 2016 são divulgados

O desempenho em matemática dos estudantes da rede estadual de São Paulo caiu no ensino fundamental e médio em 2016. Em português, houve melhora no aprendizado no 5º ano do fundamental e no 3º do médio, mas leve queda no 9º ano.


Os dados são do Saresp, a avaliação oficial do governo Geraldo Alckmin (PSDB) feita pelos alunos todos os anos. O Idesp, indicador que reúne as notas do Saresp com informações de aprovação escolar, cresceu no 5º ano e também no ensino médio, mas apresentou queda no 9º ano.
A nota de matemática do 5º ano passou de 223,6, em 2015, para 222,4 em 2016. O adequado é 225.
A maior queda na disciplina foi no 9º ano. O indicador passou de 255,2 para 251. A nota considerada adequada para esta série é de 300.
Já no ensino médio, a nota de matemática passou de 280,9 para 278,1. O desempenho esperado é 350.
Em português, o desempenho na prova dos alunos de 5º ano melhorou, e passou 212,7 para 218,6. O ideal seria uma nota de 200.
No 9º ano, a média apresenta pequena variação negativa, o que aponta estabilidade: de 237,9 para 237,4. É considerado adequada uma nota de 275.
A nota de português no ensino médio cresceu entre 2015 e 2016. Passou de 268 para 273. Mas a média ainda está distante do considerado adequado, que é 300.
O Saresp é realizado todos os anos pelos alunos da rede estadual. Além de servir como termômetro da rede estadual, o indicador Idesp é utilizado como critério do pagamento de bônus para funcionários de escolas que tenham alcançado as metas.
Idesp
Dados obtidos pela Folha mostram que o Idesp do 5º ano passou de 5,25 para 5,4. No 9º ano, houve queda de 3,06 para 2,93. Já no ensino médio a evolução foi de 2,25 para 2,3.
Mesmo com a queda no 9º ano, o indicador ainda é maior do que o dos anos anteriores –uma vez que houve um grande aumento entre 2014 e 2015. Apesar de apresentar patamares ainda baixos de desempenho, o ensino médio teve em 2016 a quarta melhora consecutiva.


Confira os índices Idesp e Saresp divulgados hoje à tarde pela Secretaria de Educação:
IDESP         
 200820092010201120122013201420152016
Fundamental ciclo I3.253.863.964.244.284.424.765.255.4
Fundamental ciclo II2.62.842.522.572.52.52.623.062.93
Ensino Médio1.951.981.81.781.911.831.932.252.3

SARESP Língua Portuguesa       
 2010201120122013201420152016
3º EF   170.1192.5184.4172.3
5º EF190.4195197.6199.4203.7212.7218.6
7º EF203.7208.1210.6208.7211.6221.4222.9
9º EF229.2229.6227.8226.3231.7237.8237.4
3ª EM265.7265.7268.4262.7265.7267.8273

SARESP Matemática       
 2010201120122013201420152016
3º EF   205.4213.4216201.8
5º EF204.6209207.6209.6216.5223.6222.4
7º EF212.1216.6215.4214.9215.1227.4227.5
9º EF243.3245.2242.3242.6243.4255.5251
3ª EM269.2269.7270.4268.7270.5280.8278.1

segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

SME publica materiais pedagógicos que nortearão planejamento 2017

Tendo em vista o período de organização das Unidades Educacionais da Rede Municipal de Ensino, a Coordenadoria Pedagógica (COPED) da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo disponibiliza os Documentos Institucionais Pedagógicos que nortearão o planejamento para o ano de 2017.

Com destaque, a COPED também deixa à disposição o documento “Encontro com Equipes Gestoras – Jan. 2017”. A publicação sugere diretrizes para o planejamento e apresenta os eixos que nortearão o trabalho das Diretorias Pedagógicas (DIPEDs) das Diretorias Regionais de Educação (DREs) e das Equipes Gestoras das Unidades Educacionais (UEs). O material também sugere pauta para a reunião de Organização Escolar e Planejamento e proposta para o período de recuperação das aprendizagens e revisão.

Acesse:

sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

MEC promete homologar base curricular ainda no 1º semestre

A base é o documento que vai determinar conteúdos mínimos do currículo escolar na educação básica

O ministro da Educação, Mendonça Filho, disse na manhã desta quinta-feira (26) que a primeira etapa da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) do ensino infantil e fundamental será encaminhada ao Conselho Nacional de Educação (CNE) "nas próximas semanas" e deve ser homologada até o fim do primeiro semestre deste ano.

A BNCC vai determinar conteúdos mínimos que os alunos das 190 mil escolas do país terão de aprender a cada etapa da educação básica.

Mendonça conversou com jornalistas após participar de evento na sede do Inep, em Brasília, onde está ocorrendo a apresentação dos trabalhos para a elaboração dos textos do BNCC. 

O documento está em sua segunda versão e foi discutido em seminários nos estados com a participação de professores, alunos e especialistas nos estados brasileiros. Na segunda versão, conteúdos de português e história foram revisados.
As revoluções Industrial e Francesa, por exemplo, e a história das civilizações grega e egípcia não constavam no texto. O mesmo acontecia com a literatura portuguesa, que não aparecia no conteúdo programático. Segundo o MEC, as falhas foram preenchidas na nova versão. O segundo documento tem 676 páginas.

Ensino médio
De acordo com Mendonça Filho, a BNCC do ensino médio segue um ritmo um pouco mais lento, mas se mantém dentro da programação feita por sua equipe quando assumiu a pasta, em maio de 2016.
"Até o final do ano desejamos concluir o envio também da base que diz respeito ao ensino Médio. Então, nesse ano de 2017 teremos com certeza a finalização com a homologação pelo CNE e o nosso referendo do MEC tendo em vista as duas etapas da trajetória educacional", afirmou.
 
Cronograma
O documento preliminar da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) foi apresentado em 16 de setembro de 2015. Ele ficou disponível para consulta pública e envio de sugestões até 15 de março e recebeu mais de 12 milhões de contribuições de instituições, educadores e público em geral.
 
A criação da base está prevista no Plano Nacional da Educação, porém, o prazo final de conclusão do documento venceu em junho de 2016.
"A próxima etapa é a entrega ao CNE para que eles analisem e entreguem de volta para nossa homologação. Espero que ainda neste semestre de 2017 tenhamos concluído essa discussão, principalmente no que diz respeito ao ensino fundamental", informou.

quarta-feira, 25 de janeiro de 2017

Diretor de Escola: Concurso SEE/SP

Diretor de Escola: Concurso
A Secretaria da Educação encaminhou à Udemo, hoje, dia 24 de janeiro, o fluxograma do concurso para Diretor de Escola. Este documento deverá ser enviado a todos os órgãos da estrutura da SE.
No fluxograma, as datas e prazos são apenas referenciais; o que interessa é o fluxo, ou seja, os passos que vão de (início) a 36 (conclusão), que mostram onde o processo está e o que está acontecendo com ele.
Por exemplo, no item 3 – Publicação do Edital de Abertura de Inscrições no Diário Oficial do Estado – o prazo é até 28/04. Ou seja, este é o prazo máximo, fatal, mas não significa que o Edital será publicado apenas no dia 28/4. Ao que tudo indica, ele será publicado no início de fevereiro, antecipando os demais prazos.
O mesmo ocorre no item 13 / 14 – Publicação do resultado dos recursos . O prazo é de 7 dias. Se houver poucos ou nenhum recurso, o prazo poderá ser de apenas 1 dia, antecipando os demais prazos.
ITEM
EVENTOS
ÓRGÃO EXECUTOR
PRAZOS DE EXECUÇÃO
DATA PREVISTA
1
Autorização Governamental - 1.878 cargos (Processo SE nº 46/2222/2016)
SG/SEE
29/04/2016
-
2
Contratação da Instituição - Assinatura do contrato
SEE/INSTITUIÇÃO

11/04/2017
3
Publicação do Edital de Abertura de Inscrições no Diário Oficial do Estado
CGRH / IMESP
até 28/04/2017
28/04/2017
4
Início das inscrições
INSTITUIÇÃO
5 dias após a publicação do Edital
04/05/2017
5
Período de inscrições
INSTITUIÇÃO
15 dias
18/05/2017
6
Período para envio dos títulos por SEDEX à CONTRATADA
INSTITUIÇÃO
durante todo o período de inscrições
04/05 a 18/05/2017
7
Envio à CONTRATANTE:               
INSTITUIÇÃO
4 dias após o término das inscrições
22/05/2017
8
Relação das Inscrições deferidas e indeferidas; Relação do Deferimento/Indeferimento das solicitações de atendimento especial
9
PUBLICAÇÃO EM DOE:
CGRH / IMESP
5 dias após o término das inscrições
23/05/2017
10
Relação das Inscrições deferidas e indeferidas; Relação do Deferimento/Indeferimento das solicitações de atendimento especial
11
Início do prazo para recurso contra o indeferimento das inscrições e das solicitações de atendimento especial
INSTITUIÇÃO
1º dia útil subsequente à publicação do deferimento/indeferimento
24/05/2017
12
Término do prazo para recurso contra o indeferimento das inscrições e das solicitações de atendimento especial
INSTITUIÇÃO
3 dias úteis
26/05/2017
13
PUBLICAÇÃO EM DOE:  
CGRH / IMESP
7 dias após o término do prazo de recursos
02/06/2017
14
Resultado dos recursos contra  o indeferimento das inscrições e das solicitações de atendimento especial
15
Divulgação dos locais de provas aos candidatos no site da CONTRATADA
INSTITUIÇÃO
pelo menos 5 dias úteis antes da prova
05/06/2017
16
Publicação de Edital de Convocação para prova
CGRH / IMESP
pelo menos 5 dias úteis antes da prova
05/06/2017
17
Aplicação da prova
INSTITUIÇÃO
39 dias após a abertura de inscrições (aprox.)
11/06/2017
18
Envio do gabarito para publicação
INSTITUIÇÃO
1º dia útil após a prova (realizada no domingo)
12/06/2017
19
Envio da Relatório estatístico referente aos candidatos presentes/ausentes/eliminados na prova
INSTITUIÇÃO
2 dias após a prova
13/06/2017
20
Publicação do gabarito da prova
CGRH / IMESP
2 dias após a prova
13/06/2017
21
Início do prazo para recurso contra a aplicação da prova, questões da prova e do gabarito
INSTITUIÇÃO
1º dia útil subsequente à publicação do gabarito da prova
14/06/2017
22
Término do prazo para recurso contra a aplicação da prova, questões da prova e do gabarito
INSTITUIÇÃO
3 dias úteis
19/06/2017
23
PUBLICAÇÃO EM DOE:                  
CGRH / IMESP
7 dias após o término do prazo de recursos
27/06/2017
24
Resultado dos recursos contra a aplicação da prova, questões da prova e do gabarito
25
Correção da Prova e Avaliação de Títulos
INSTITUIÇÃO
18 dias após a aplicação da prova
29/06/2017
26
Publicação de Edital com Resultado da Prova e da Avaliação de Títulos (1ª Classificação)
CGRH / IMESP
20 dias após a aplicação da prova
01/07/2017
27
Envio à CONTRATANTE das planilhas personalizadas dos candidatos deficientes, acompanhadas das cópias dos Atestados Médicos, para o agendamento da perícia médica no DPME.
INSTITUIÇÃO
1º dia útil subsequente à publicação da 1ª Classificação
03/07/2017
28
Início do prazo para recurso contra o Resultado da Prova e da Avaliação de Títulos
CGRH / IMESP
1º dia útil subsequente à publicação da 1ª Classificação
03/07/2017
29
Término do prazo para recurso contra o Resultado da Prova e da Avaliação de Títulos
CGRH / IMESP
3 dias úteis
05/07/2017
30
Publicação do resultado dos recursos interpostos contra Resultado da Prova e Avaliação de Títulos
CGRH / IMESP
5 dias após o término do prazo de recursos contra o Resultado da Prova e da Avaliação de Títulos
11/07/2017
31
Perícia médica dos candidatos com deficiência no DPME (convocação, agendamento, perícias, recursos e resultados)
DPME
30 dias após a publicação da 1ª Classificação  (aprox.)
03/07/2017 a 01/08/2017
32
Envio à CONTRATADA dos candidatos com deficiência que farão parte da Lista Especial
CGRH
1 dia após o recebimento dos resultados
02/08/2017
33
Envio à CONTRATANTE do arquivo referente à Classificação Final
INSTITUIÇÃO
5 dias após o envio do da relação de candidatos com deficiência
08/08/2017
34
Publicação da lista de Classificação Final
CGRH / IMESP
10 dias após o envio do arquivo da Classificação Final
18/08/2017
35
Envio à CONTRATANTE dos arquivos de aprovados, no layout estabelecido pela PRODESP, e demais relatórios
INSTITUIÇÃO
10 dias após o envio do arquivo da Classificação Final
18/08/2017
36
HOMOLOGAÇÃO
SEE
5 dias após a publicação da Classificação Final
23/08/2017