quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

Educação erra e chama antes professor reprovado

É importante averiguar e sanar todas as responsabilidades, bem como orientar de forma correta aos supervisores e dirigente de ensino. Afinal de contas, todos estão sujeitos ao erro.
Fonte: 24/02/2011 Carol Rocha do Agora
A Diretoria de Ensino Guarulhos Norte (Grande SP), responsável por 86 escolas na região, atribuiu aulas para professores temporários não aprovados na avaliação da educação estadual antes que todos os habilitados tivessem feito suas escolhas. A Secretaria de Estado da Educação confirma que houve um erro.
No dia 14 de fevereiro, a Diretoria de Ensino Guarulhos Norte convocou para a escolha de aulas os professores reprovados no processo seletivo. No dia 16, convocou para uma nova escolha os que foram aprovados no exame.
Anteriormente, os aceitos na prova já haviam participado de uma escolha. Porém, a legislação determina que os professores reprovados só poderão ter aulas atribuídas após todos os professores aprovados terem escolhido.
"Aprovado escolheu aula"
A Secretaria de Estado da Educação confirmou que houve uma falha no processo de atribuição de aulas na Diretoria de Ensino Guarulhos Norte, mas não soube dizer o que ocasionou o problema.
Em nota, a pasta informou que "a atribuição de aulas de seis classes na Diretoria de Ensino Guarulhos Norte já foi corrigida" com uma nova atribuição de aulas, anteontem, para professores da categoria F aprovados no concurso de temporários. "Em relação aos profissionais temporários reprovados, eles terão dez aulas de permanência na escola para cobrir eventuais faltas de docentes", disse a pasta.
Até ontem, a professora Bruna Valéria de Souza não havia recebido resposta sobre o recurso que protocolou na Diretoria de Ensino Guarulhos Norte, no dia 16 de fevereiro. A pasta tem dez dias para responder à solicitação. A docente continua sem aulas.

3 comentários:

  1. Carlos, Vale do Paraiba24 de fevereiro de 2011 17:26

    Sim, todos estão sujeitos a erros, mas uma atribuição como essa nun ca vi na minha vida de professor, a cada momento uma orientação, cada D.E fazendo o que bem entendi e "remendos" na resolução de atribuição. Acho que o erro maior começou lá de cima............

    ResponderExcluir
  2. Concordo com vc Carlos, quando disse que todos estão sujeitos ao erro, é porque tenho a impressão que algumas pessoas na SEE se acham imbativeis, principalmente os dirigentes e os supervisores, que isso sirva apenas de lição e orientação , para que esse pedagocídio deixe de existir.

    ResponderExcluir
  3. infelizmente eles ditam as regras e fazem o que querem estou indignada com a atribuição 2011

    ResponderExcluir